E 2019 chegou

Fogos de artifício Ano Novo Praga
Imagem: Jan Fidler, Flickr. Licença (CC BY 2.0).

De acordo com o calendário gregoriano, estamos em 2019 (racionalmente falando, e falando como um chato, nada mudou, apenas o tempo continua seu trajeto, e nós continuamos marcando seus passos). Mas o significado de recomeço (mais um ano que se inicia) pode ser muito inspirador, e até por isso muitas pessoas fazem planos, promessas e estipulam metas.

Quem é que não quer mudar de vida, iniciar novos projetos, fazer algo diferente? É bem difícil encontrar alguém que não tenha algo que gostaria de mudar, mesmo que seja algo mínimo, um pequeno detalhe, como, por exemplo, “em 2019 eu gostaria de ler mais livros”.

A vontade pode até estar presente, porém, às vezes, falta a iniciativa, a coragem de sair da zona de conforto e ir em busca do objetivo estipulado. Sendo assim, a você que está lendo, que em 2019 não lhe falte força de vontade para ir atrás dos seus sonhos, espero que você nunca desanime. Passe a comemorar as pequenas vitórias, por mais insignificantes que possam parecer, pois a grande vitória só vem lá na frente, raramente ela chega de repente — veja, por exemplo, quão poucas pessoas acertam os números da Mega-Sena. Conseguir muita coisa em pouco tempo e sem esforço, é raro, é a exceção, não a regra.

Estipule uma meta alcançável. Não adianta nada sonhar muito alto se não houver a possibilidade chegar ao objetivo final. Isso só vai trazer decepção, um grande sentimento de frustração. Uma meta realista é a melhor escolha. Aos poucos será possível ir mais longe nesse objetivo; com as pequenas vitórias a confiança aumenta, o que vai te deixar mais estimulado a seguir adiante.

Para 2019, seja mais realista, tenha ambição e tente. Não desanime fácil, até as derrotas podem nos ensinar algo. Se você ainda não tem um objetivo, crie um, seja uma pessoa melhor para alguém, mude um hábito, o seu jeito de ser; não importa, ter um objetivo é sempre bom, faz a vida ter mais sentido. Ah, e tenha um olhar mais positivo.

Feliz 2019!

Alan Martins


Parceiro
Amazon banner livros universitários
Clique e confira grandes descontos!

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Anúncios

Autor: Alan Martins

Graduado em Psicologia. Amante da Literatura, resenhista e poeta (quando bate a inspiração). Autor e criador do Blog Anatomia da Palavra. Não sou crítico literário, porém meu pensamento é extremamente crítico.

20 pensamentos

  1. Mas acho que esse tempo novo,de transformação para o mundo e para os seres humanos,como vários já falaram,pode ser um tempo de harmonia,de felicidade plena,para todos.Um paraíso em vida.Deve ser isso e tenho esperança que aconteça.Mas gostaria que acontecesse de forma suave,se possível.Porque mais tumulto no mundo talvez seja insuportável,aquela coisa de primeiro o caos,para depois as coisas boas…Já estamos no caos há um bom tempo,né?

    Curtido por 2 pessoas

  2. Achei seu post motivador.Sempre amei conteúdos motivadores.Estando bem ou não,sempre gostei de conteúdos assim.Desde livros de auto ajuda até palestras para empreendedores,ou palestras para grandes empresas,pois sempre encontro alguma coisinha boa para viver mais feliz,em qualquer área,no dia a dia.Mesmo que não ponha em prática tudo,mas me sinto bem.Não tem nenhuma segunda intenção,não. Eu simplesmente gosto desses assuntos,desde quando era criança.Não sei,é meu gosto.Também sempre gostei de entrevistas com artistas que,com brilho nos olhos e empolgação pelo que fazem,contam como fazem,como elaboram,como criam,como dizem que se divertem com seu trabalho.Também acho lindo quando alguém,seja lá de que profissão for,fala com entusiasmo do seu trabalho.Minha mãe,por exemplo,ela sempre falava com entusiasmo da sua profissão e,depois,quando ela se dedicou a outro trabalho,quando ela também contava das coisas que tinha aprendido,ou com outras pessoas,ou com ela mesma,ou descobrindo novas coisas,a partir de adaptações que tinha feito,sobre o que as pessoas tinham lhe ensinado.Com tudo isso vou tirando ensinamentos.Outro exemplo para mim foi a Dercy Gonçalves.Só a vi pela tv. Ela sempre foi marcada pelo seu humor escancarado e seus palavrões,mas ela,quando falava nas entrevistas,também passava ensinamentos,em vários sentidos.E quando percebi,fiquei mais atenta,porque num momento ou outro ela ensinava algo.Mas os entrevistadores não deixavam muito,porque queriam que ela falasse mais e mais palavrões e ela mesma puxava os palavrões mas várias vezes ela transmitia algum ensinamento.Lembro uma vez dela falar em tomar soro caseiro três vezes ao dia.Bem,eu nunca fiz,mas guardei essa vez que ela falou isso.E várias outras coisas.Quando ela falava,eu procurava, não os palavrões,mas esse outro lado.Você deve achar que estou viajando,né?Mas é verdade,eu gosto desse conteúdo todo sobre pensar positivo,de como fazer as coisas acontecerem,de como progredir,sem nenhuma intenção maldosa,não.Só gosto muito.Sempre gostei.Apesar que muitas vezes não pratico e penso negativo.Não pensamento de maldade,não.Pensamentos pessimistas,um dos meus defeitos.Não de prejudicar,não,nada disso.Muito pelo contrário,eu torço pelas pessoas e depois tenho a alegria e o prazer de saber que elas alcançam grandes vitórias,conquistas,rsalizações. ,Gosto desses ensinamentos positivos.Gosto de ver vídeos motivacionais no You Tube.É meu,me sinto bem,me sinto mais tranquila,pelo menos enquanto estou assistindo.Apenas por gosto.Mesmo não praticando muito,aprendo.Sem maldade,é só porque gosto,mesmo.

    Curtido por 2 pessoas

  3. Sou muito boba,mesmo,tenho um certo pavor desse negócio de fim do mundo,de terremoto,de furacão,de tsunami,mesmo,graças a Deus,não tendo passado por nada disso.Às vezes penso se não fui um dinossauro,para ter medo dessas catástrofes.Um vento mais forte já me assusta,mas tento ficar calma.Mas também penso que,se o mundo for para acabar um dia,vai ser num dia e numa hora em que ninguém espera.Mas eu normalmente não fico pensando em fim do mundo e outras catástrofes,não.O dia a dia já tem suas inseguranças e a catástrofe da violência humana.Também evito ficar me preocupando com isso,para poder viver.

    Curtido por 2 pessoas

  4. Muito bom,como sempre muito bons,os seus posts.Este seu post era tudo o que precisava,agora.Ele veio me explicar algumas coisas,lembrar outras…Ainda mais neste momento,que me sinto bem ansiosa e com dúvidas,mesmo sabendo que muitas coisas funcionam na paciência.Mas mesmo assim estou sem saber se estou fazendo certo algumas coisas,medo de errar e estragar alguma coisa,talvez eu esteja exigindo muito de mim,não sei.Tem coisas que estou aprendendo,bom,acho que estou,em terrenos onde não sei praticamente nada.Não acho vc chato em momento algum,concordo plenamente com tudo o que vc transmitiu.O tempo está aí,começo,meio e fim do ano é marcação dos seres humanos.Para outros povos, o ano começa em outras datas,o ano é outro,não é 2019…Eu tenho o costume de seguir o calendário gregoriano,então para mim é 2019,mesmo.Mas é lógico,respeito outras marcações do tempo e até me sinto aliviada,quando aparece uma nova data de fim do mundo,porque lembro exatamente disso,como se pode marcar data,ano,se para os judeus,por exemplo,estamos num ano totalmente diferente?Não lembro agora,o ano.O ano novo chinês começa também num tempo diferente de 1° de Janeiro.Se pensarmos num camelo,por exemplo,ele não tem a mínima noção que acabou um ano e começou outro.Mesmo assim,acho que pela convenção em que a maior parte dos seres humanos vive,costumo sentir,nos primeiros meses,que tenho o ano todo pela frente,e,quando vão chegando os últimos meses,que o ano vai terminando,que o tempo começa a acabar,vem a reflexão do que fiz e do que não fiz.Acho que para muitas pessoas é assim também,sei que é bobagem,mas para mim é difícil não ter essa sensação.Mas o tempo tem seu próprio tempo,sua própria marcação,o ano tem suas estações,os dias têm a sua claridade e a sua escuridão.Cada pessoa tem seu tempo de vida,independente da marcação de idade.O corpo de cada um tem o seu tempo,vai sofrendo os efeitos do tempo em que vive,o corpo todo vive,as células vivem e tem o seu tempo de vida.Além do mundo interior,ao longo da vida cada ser vivo vive com o mundo exterior, a todo momento.Então,cada ser tem o seu tempo,de acordo com seu corpo,seus pensamentos,seus sentimentos,o ambiente em que vive,os outros humanos,animais,plantas,o planeta,o Universo,etc.,etc.,etc.,e,principalmente,de acordo com uma força maior,reguladora de tudo.Se você pensou que estava sendo chato,o que dizer de mim e do que escrevi?Beijos,querido amigo.

    Curtido por 2 pessoas

  5. Esse ano decidi traçar metas alcançáveis e ter mais paciência com os resultados. Investir mais tempo e dedicação na produção de conteúdo e na distribuição de informações sobre literatura e arte. Aliás, estou a rondar pessoas que escrevam resenhas para lhes propor uma coluna dentro do meu blog e gosto muito das resenhas que você apresenta. Vamos ver como 2019 irá correr…

    Ótimo final de semana Alan!

    Curtido por 4 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s