O AGOSTO QUE PASSOU DEPRESSA

Chegamos aos meses “bros”, o que significa que o ano está a alguns passos de seu fim. É até meio assustador pensar nisso! Pode parecer clichê, ou conversa de velho, mas a sensação é a de que o ano começou ontem. Quando estamos sempre correndo, cheios de coisas para fazer, o tempo passa mais rápido, a tal da relatividade.

Minhas aulas recomeçaram há pouco tempo, e mais uma rodada de provas está batendo à porta (isso sim é aterrorizante!). Olha, se você deseja fazer algo, se possui algum plano, trate de executá-lo logo, caso deseje fazê-lo ainda em 2017. Muita gente diz que agosto é o mês do “desgosto”, por ser um mês longo (31 dias), sem nenhum feriado, entretanto, mal o vi passar dessa vez. O frio chegou rápido e foi embora tão rápido quanto; o calor já veio com força por aqui. Estou com a leve impressão de que os dias não foram suficientes. Acredito que isso seja positivo, pois quer dizer que agosto foi produtivo.

Para ser sincero, foi sim um mês muito produtivo. Agosto foi o mês com o maior número de visualizações até o momento. Devo isso a você que acompanha o blog todos os dias, a cada post (sei que há pessoas que gravaram os dias e os horários das postagens; um abraço a você!). Outro fator importante para o bom número de visualizações foi a Editora Martin Claret, que compartilhou meu post sobre o livro ‘Diário do subsolo’ no Facebook — livro editado pela mesma. Fiquei muito feliz com esse reconhecimento! 😊

A frequência de postagens se manteve. Foram diversos poemas e artigos em agosto. E claro, as leituras também estiveram presentes. Consegui ler quatro livros, quase todos clássicos da literatura. Um bom mês para as leituras.

Como faço em todo início de mês, apresento aqui o ranking das leituras. E aí, curioso para saber quem foi o campeão do mês?

manifesto_comunista_capa4° MANIFESTO DO PARTIDO COMUNISTA – KARL MARX E FRIEDRICH ENGELS (PENGUIN – COMPANHIA DAS LETRAS, 2012): Esta é uma obra estudada em praticamente todos os cursos de Ciências Humanas, no Brasil. Se os trabalhadores ganharam participação política, boa parte desse fato se deve a esse pequeno livro. As bases do pensamento comunista estão aqui, em uma tentativa de unificar todos os trabalhadores, que se organizavam de maneira heterogênea, em prol de uma mesma causa e luta. Um livro que divide opiniões até hoje. Seja você de direita ou de esquerda — o que for — a partir dessa leitura, seu pensamento se tornará um pouco mais crítico. Muito importante para se compreender o contexto político atual, obra de grande valor histórico.


coraline_capa3° CORALINE – NEIL GAIMAN (ROCCO, 2003): Quem acompanha o blog, sabe como eu gosto deste autor. Gaiman é muito imaginativo, consegue criar mundos e histórias incríveis. Este foi um livro que ele escreveu para o público infantil, entretanto apenas um adulto conseguirá compreendê-lo por completo. Fortemente inspirado em ‘Alice no País das Maravilhas’, somos apresentados à Coraline, uma menininha solitária, que descobre, em sua casa, uma passagem para outro mundo. Uma história de coragem e aprendizado, acompanhamos a evolução da protagonista ao virar as páginas. Essa edição apresenta ilustrações do artista Dave McKean, ilustrações nada infantis. Na verdade, um livro que não é tão infantil assim, nadinha.


O_alienista_capa2° O ALIENISTA – MACHADO DE ASSIS (PENGUIN – COMPANHIA DAS LETRAS, 2014): Quem disse que clássico precisa ser chato? Essa novela escrita pelo grande nome da literatura brasileira mostra que os clássicos podem ser divertidos. O enredo fala sobre Simão Bacamarte (o alienista), um médico que se interessa pela psiquiatria. Esse interesse o leva a construir um manicômio na Vila de Itaguaí, onde vive. A população fica revoltada quando ele começa a realizar internações compulsórias, com a intenção de descobrir a causa e a cura da loucura. Assim, uma revolta se inicia. Obra satírica e crítica. As maiores críticas do autor são em relação ao positivismo científico e à patologização da normalidade. Ótimo livro para se compreender a lógica manicomial. Divertido, sem deixar de ter conteúdo.


diario_do_subsolo_capa1° DIÁRIO DO SUBSOLO – FIÓDOR DOSTOIÉVSKI (MARTIN CLARET, 2012): Ler Dostoiévski é como ler a alma do ser humano. Esse que é um dos maiores autores de todos os tempos, consegue descrever o íntimo humano como ninguém. Esta é considerada uma de suas obras mais importantes. Uma novela dividida em duas partes, uma mais filosófica, com o monólogo do protagonista sem nome, e uma segunda, onde ele fala do seu passado, do tempo em que vivia no subsolo. O subsolo da alma é um local de mesquinhez e arrogância. O homem que lá reside não consegue realizar seus desejos, já que possui uma moral exacerbada, mantém uma vida regrada, não se permite desfrutar os prazeres. Seu desejo reprimido acaba se transformando em arrogância e maldade. Ótimo livro para quem gosta de histórias com forte teor filosófico. O trunfo dessa edição é a tradução direta do russo, feita por Oleg Almeida.


O que achou do ranking? Mudaria alguma coisa? Já leu algum desses livros? Comente aí!

Ah! Diga também como o mês de agosto foi para você. Eu espero que tenha sido um excelente mês, cheio de coisas boas.

Obrigado por ler! Que setembro seja um ótimo mês para você.

Abraços.

Alan Martins

ranking_agosto
Imagens por Sb2s3 e GDJ (editado). Publicadas sob Licenças (CC BY-SA 4.0) e (CC0 1.0). Disponíveis em: https://goo.gl/3SMBTJ; https://pixabay.com/photo-1751098/.

Curta a página do blog no Facebook 👍

Gosta de livros?📚 Veja outras dicas de leitura »»AQUI«««

Gosta de poesia? 🍂 Confira algumas »»»AQUI«««

Veja algumas dicas ‼  »»»AQUI«««

Confira algumas listas  »»»AQUI«««


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Anúncios

Autor: Alan Martins

Graduando em Psicologia. Amante da Literatura, resenhista e poeta (quando bate a inspiração). Autor e criador do Blog Anatomia da Palavra. Não sou crítico literário, porém meu pensamento é extremamente crítico.

15 pensamentos

  1. Para mim, ultimamamente, os dias passam rápidos, não porque sejam produtivos. As vezes são, as vezes não. Mas… Porque passam mais rápidos. Sei lá. Se calhar é mesmo coisa da idade…
    Bela escolha para o campeão do mês. (Já cá está na lista de compras).
    Abraços!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Gostei desses livros, recomendo todos. Agosto é cheio de estigmas, coitado, também tem aquela de “mês do cachorro louco”. Não existe mês mais injustiçado que esse, afinal nós mesmos conduzimos nossa vida, não é o mês que terá efeito sobre ela.
      Grande abraço. Obrigado.

      Curtir

    1. Fico muito feliz com seu comentário e com seus elogios. Eu tenho muito o que aprender ainda e escrever um blog ajuda bastante, e tenho certeza que vai te ajudar também. Apenas prática, tempo e leitura podem melhorar a escrita.
      Obrigado pelo comentário!
      Abraço.

      Curtido por 1 pessoa

    1. Tentar trazer o melhor conteúdo é sempre importante. Acima de qualquer número de visualizações, temos que prezar pela qualidade do conteúdo. Ver o crescimento é legal, pois trata-se de uma conquista pessoal, reconhecimento do trabalho investido.
      Espero que setembro seja um ótimo mês para você. Obrigado por comentar.
      Abraço.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s