5 livros para gostar de Stephen King

stephen_king_destaque
O simpático tio King demonstrando todo o seu amor pelos livros. Parade Magazine.

Stephen King é um dos autores que mais venderam livros no mundo, suas obras foram traduzidas para diversos idiomas e foram adaptadas para o cinema, para a TV, para o teatro, enfim, suas obras foram adaptadas até para o impensável. Além de diversos prêmios literários, recebeu também o título de Mestre do Terror, já que obteve fama com suas histórias macabras e pelos filmes que derivaram delas, principalmente na década de 1980. Por mais que ele consiga criar histórias aterrorizantes, King é um escritor que consegue descrever o pior lado do ser humano, é capaz de fazer uma boa leitura da personalidade, mostrando que, muitas vezes, nós mesmos somos os monstros.

Sua longa carreira na arte da escrita rendeu dezenas de livros, é um autor que não para de publicar, estando sempre ativo. Chegou a criar um pseudônimo (Richard Bachman) para publicar mais livros por ano, já que os editores temiam que mais de um livro por ano saturaria o nome do escritor. Claro que isso não aconteceu e, geralmente, há duas publicações anuais do velho tio King. Isso demonstra a qualidade de sua escrita e o carinho de seus fãs.

Com tantas obras publicadas, é mais do que claro que ele não se ateve apenas ao gênero terror, escrevendo histórias dos mais variados gêneros, como suspense, policial, ficção científica, histórias de amor; porém uma pontada do sobrenatural está presente em todos os seus livros, uma característica do Mestre. E dentre essa biblioteca de um autor só, é muito difícil escolher os melhores, ou os favoritos. Selecionei cinco de seus livros que considero ideais para se iniciar no universo de Stephen King. São livros muito bons, que vão fazer você gostar do autor e querer conhecer mais sobre o seu trabalho. Bem, ao menos é o que imagino, espero estar certo!

Sem mais delongas, confira agora 5 livros para gostar de Stephen King:


novembro_63_capa1 – NOVEMBRO DE 63 (SUMA DE LETRAS, 2013): Considero esse o meu livro preferido do autor. O ritmo do livro é constante, nunca perdendo a graça ou ficando entediante. A história é sobre viagem no tempo. Impedir o assassinado de John F. Kennedy é o objetivo principal do protagonista, que é um homem do século XXI que viaja para o passado, aos anos 50 e 60. King caracteriza muito bem esse período dos EUA, com muitos detalhes que fazem o leitor se sentir dentro da história. Trata-se de um livro de ficção científica, com muita ação, romance e um toque de terror. Não é um livro pequeno, porém a leitura flui por ser tão gostosa, consequentemente se torna uma leitura rápida. O serviço de streaming Hulu adaptou o livro em uma série protagonizada por James Franco. Se a série for tão boa quanto o livro, vale muito a pena assistir.


a_espera_de_um_milagre_capa2 – À ESPERA DE UM MILAGRE (SUMA DE LETRAS, 2013): Temos aqui a obra mais emocionante de Stephen King, e uma que passa longe do seu estereótipo de escritor de terror. A narrativa é sobre um policial que lidera uma ala de um presídio: a ala dos condenados à morte. Sua vida e seus pensamentos sobre o seu trabalho mudam quando ele conhece um novo condenado, que possui alguns dons especiais. Esse livro trata sobre diversos temas, como o preconceito, a injustiça, a maldade humana e sobre a pena de morte como sentença. Nunca li um livro que me tocasse tanto, confesso que é meio difícil segurar as lágrimas em certos momentos. Foi adaptado para o cinema em 1999, com Tom Hanks no papel principal. O filme é muito fiel ao livro e tão emocionante quanto. Uma curiosidade sobre essa obra é a de que, nos EUA, ela foi publicada de maneira serial, em seis volumes publicados mensalmente, pois King queria fazer isso, algo comum às publicações do século XIX, com autores como Charles Dickens. A editora Objetiva também publicou o livro em seis volumes aqui no Brasil, sendo conhecido como ‘O corredor da morte’.


zona_morta_capa3 – A ZONA MORTA (SUMA DE LETRAS, 2017): Muitos críticos consideram esse o livro com a melhor escrita de Stephen King. Tenho que concordar com essa afirmação, pois o enredo é muito bem amarrado, cada parte do livro é essencial e interessante, além de ser uma história interessantíssima. Os dons de vidência do protagonista lhe rendem fama, algo que ele despreza, já que o assédio começa a crescer de forma absurda, o que atrapalha a sua vida. É um dom que ele não compreende muito e nem sabe de onde vem. Suas habilidades o levam ao meio político, marcado por grandes trapaças e sujeiras. É aí que mora a parte central do enredo, onde tudo irá se desdobrar. Uma história com momentos tristes e outros mais felizes, porém o protagonista é um eterno azarado, condenado a viver com esse dom de vidência. Não é uma das histórias mais felizes, mas é uma das melhores que já li. Também foi adaptado para o cinema, uma adaptação elogiada, protagonizada por Christopher Walken.


sobre_escrita_capa4 – SOBRE A ESCRITA (SUMA DE LETRAS, 2015): Acredito que, conhecendo a vida de um autor, a probabilidade de a vontade de ler aumentar é muito grandes, além de se criar um vínculo especial com esse autor. Esse livro é uma mistura de autobiografia e de guia para escritores, uma obra não-ficção. King nos apresenta um pouco sobre sua vida, sobre sua infância, sua família e sua história com a escrita. É muito interessante ver sua superação, um garoto pobre que se tornou um dos maiores escritores do mundo, dono de uma grande fortuna e reconhecimento. Além dos sérios problemas com abuso de álcool e droga que o autor teve que superar ao longo de sua vida. É uma inspiração para aspirantes a escritores, além de o autor oferecer dicas de como escrever melhor e sobre o seu próprio processo de produção. É uma obra onde King consegue falar com o leitor de maneira íntima, como um bom amigo na mesa de um bar.


quatro_estacoes_capa5 – QUATRO ESTAÇÕES (SUMA DE LETRAS, 2013): Este é um título muito apropriado. O livro traz quatro novelas (contos grandes), onde cada um representa uma estação do ano. Cada uma dessas novelas apresenta temas diferentes e possuem suas particularidades. Em ‘Rita Hayworth e a redenção de Shawshank’ acompanhamos a vida de um homem que foi preso de forma injusta, por um crime que ele não cometeu. A vida na prisão é dura e todo o sofrimento de um condenado é descrito detalhadamente. Uma história sobre esperança, inspirada em ‘O conde de Monte Cristo’. Foi adaptado para os cinemas e é considerado um dos melhores filmes de todos os tempos. A segunda novela, ‘Aluno inteligente’, é uma história de suspense, onde o clima de tensão aumenta a cada página. Um jovem conhece um velho que vive na vizinhança, porém esse velho guarda um segredo: ele foi um soldado nazista. O garoto começa a se interessar sobre esse assunto até descobrir o grande segredo guardado por esse senhor misterioso. Mais uma obra que recebeu uma adaptação para o cinema, porém não foi um filme muito aclamado. ‘O corpo’ narra a aventura de quatro amigos que ficam sabendo sobre um menino que morreu atropelado por um trem em uma floresta, então eles decidem ir verificar esse corpo, pois nunca haviam visto o corpo de uma pessoa morta. Eles enfrentam vários perigos pelo caminho, além de serem confrontados pelos adolescentes mais velhos. É uma história sobre a infância e sobre a amizade. Como de costume, foi adaptado para o cinema e, hoje, é considerado um filme clássico dos anos 80. A última novela, ‘O método respiratório’, narra sobre um homem de meia idade, que entra para um clube onde os membros contam histórias. Numa véspera de Natal, um certo doutor conta uma história fantástica e impressionante, deixando todos intrigados. A maior parte da narrativa é a história contada por esse doutor. E, por essa você não esperava, essa novela não foi adaptada para o cinema!


E aí, já conhecia algum desses livros? O que achou da lista? Diga aí nos comentários. Espero que o post possa causar curiosidade e vontade de conhecer um pouco mais sobre o grande Stephen King, um dos meus autores favoritos e uma grande inspiração para a vida de qualquer pessoa. Compartilhe a ideia se gostou, vamos sempre apoiar a leitura, um hábito maravilhoso e saudável, que só traz benefícios!

Obrigado por ler.

Alan Martins


Parceiro
Livros mais vendidos Amazon
Clique e encontre diversos livros em promoção!

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Anúncios

Autor: Alan Martins

Graduando em Psicologia. Amante da Literatura, resenhista e poeta (quando bate a inspiração). Autor e criador do Blog Anatomia da Palavra. Não sou crítico literário, porém meu pensamento é extremamente crítico.

32 pensamentos

  1. Uma das minhas primeiras leituras do mundo adulto (quando eu era criança) foi O Iluminado, que reli umas cem vezes. Hoje em dia claro não consigo mais. Sei de cor, quase… Gosto muito de O Cemitério, e da coletânea Escuridão total sem estrelas. Gosto dos romances mais antigos e dos contos mais recentes…

    Curtido por 1 pessoa

    1. Eu gosto muito do autor, mas os livros antigos parecem melhores mesmo. Há alguns livros mais recentes muito bons, mas ‘Celular’ é um exemplo ruim. Gosto de todos esses livros que você citou, são clássicos.
      Obrigado pela visita.
      Abraço.

      Curtido por 1 pessoa

  2. Eu tenho alguns livros do King na lista, mas nunca parei pra comprar e ler alguns deles de fato. Já assisti boa parte das adaptações e acho que depois desse post vou tomar vergonha na cara e ler logo um livro desse homem! Até em Sons of Anarchy ele aparece (é um seriado, não sei se você conhece ou soube do papel dele na série, foi beeeeem foda rsrs). Adorei o post e parabéns pelo blog também!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Andei me interessando por Sthephen King por ouvir elogios e ficar curiosa. Baixei algum arquivo com vários livros e li “A hora do lobisomem” e “Misery”, pretendo ler mais alguns é um estilo bom e mais fluido para intercalar com outros livros e coleções mais densas que planejo ler durante as férias. Bom que com suas sugestões já sei por onde começar… 😀

    Curtido por 1 pessoa

    1. Aeee, que bom que o post te ajudou. As histórias do King não são muito densas, nem difíceis, ele pode ficar muito detalhista em algumas. Os livros que indiquei não têm esse problema com detalhismo, e fluem bem, ritmo constante. Por isso indiquei para quem quer conhecer o autor. Melhor conhecer o lado bom.

      Curtido por 1 pessoa

  4. Confesso que Mr. King não me atrai após anos atrás ter lido dois ou três livros seus. No entanto, deixando de lado os rótulos que carrega, teu post está muito bem delineado em seus pontos atrativos o que cria ou renova a vontade de ler mais um pouco de sua obra. Então, mais à frente Mr. King estará na minha lista de leitura, em especial “Sobre a escrita”. Meu abraço.

    Curtido por 2 pessoas

    1. Obrigado! Como você é escritor, vai gostar muito de ler ‘Sobre a escrita’, tanto pela história do King, quanto pelas dicas. ‘O iluminado’ também é muito bom, não é por menos que esse é o livro mais famoso do autor. Cara, recomendo muito você dar uma chance e ler ‘Quatro estações’, vai gostar muito, tenho certeza.

      Curtido por 1 pessoa

  5. Eu sempre ouvir falar que ele é um ótimo autor, porém perdia o interesse de ler qualquer obra por causa da fama “Mestre do Terror”; não gosto de livro de terror. O filme À espera de um milagre é muito bom, e o livro deve ser melhor ainda, mas, como tem o sobrenatural, prefiro não ler rss… Seu artigo está ótimo, muito bem explicado. 😉

    Curtido por 2 pessoas

  6. Meu rapaz… É a primeira vez que eu fiquei com vontade de ler alguma coisa do King… Se não gostar, vamos ter de nos entender… 😛 lol Acredita que nunca li nada do King?
    Das adaptações para o cinema, as citadas aqui, vi o “À espera de um milagre”, que gostei bastante. O Novembro de 63 eu já vi partes de uns episódios, mas não é minha praia. Zona Morta também assisti, e gostei, mas não acho assim espetacular. Um Sonho de Liberdade, título do filme baseado na noveleta Rita Hayworth e a redenção de Shawshank é magnífico. O Corpo foi o último que eu li. E é um clássico, sem dúvida. Dos livros, o que me interessou mais é o das noveletas. A ver se encontro aqui para comprar, ou encontrar na biblioteca 🙂

    Curtido por 3 pessoas

    1. Também nunca li nada dele, tampouco sabia que alguns dos filmes que mais me emocionaram eram adaptações dos livros dele. São eles os mesmos que o Jauch citou. Não curto muito livros sobre assassinato e sobrenatural (no momento presente), mas acho que gostarei da obra do King que trata do seu processo de escrita. Obrigada pelas dicas, Alan.

      Curtido por 2 pessoas

      1. ‘Sobre a escrita’ é um livro muito legal de se ler. Você vai encontrar boas dicas lá. E sim, o Jauch citou os filmes que são as adaptações dos livros que apresentei, se você gostou deles, vai gostar da leitura.

        Curtir

      2. Que ótimo. Atualmente estou lendo um livro de poesias da Rupi Kaur, escritora canadense, imigrante indiana. O título é “Outros Jeitos de Usar a Boca”. Poesias curtas e muito fortes. Pretendo falar sobre ele no Blog em breve.

        Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s